Dê sua opinião sobre nosso atendimento

Parceiros

Prefeitura Municipal de Paraguaçu

Secretaria Municipal de Saúde

 

Teste do frênulo da língua e teste da oximetria de pulso em recém nascidos.

"Teste da linguinha e teste do coraçãozinho"

 

    Atendendo ao disposto na Lei nº 13.002, de 20 de junho de 2014, a Fundação Hospitalar de Paraguaçu, está realizando desde julho de 2014 o teste da linguinha e o teste do coraçãozinho em todas as crianças nascidas na instituição.

 

Teste do frênulo da língua: O propósito do exame é verificar se há a necessidade de cirurgia para corrigir possíveis irregularidades no frênulo lingual, estrutura que liga a parte inferior da língua à boca. O diagnóstico precoce possibilita o tratamento imediato e a prevenção dos problemas decorrentes da anquiloglossia, termo científico que designa a anomalia. Os problemas de sucção podem, por exemplo, levar o bebê a ser desmamado antes do tempo correto.

 

        O teste da linguinha verifica se o bebê recém-nascido tem a língua presa e se poderá ter dificuldades para falar e mastigar. O problema pode, ainda, atrapalhar a amamentação, pois gera uma dificuldade de sucção, fazendo com que haja um gasto maior de energia para conseguir mamar e, consequentemente, uma dificuldade maior para ganhar peso.

        De forma simples e rápida, é feita uma análise clínica do tamanho do frênulo, avaliando se é curto demais. É analisada, também, a forma como o bebê mama. O ideal é que o teste seja realizado nas primeiras 72 horas de vida do bebê e, no máximo, 30 dias depois do nascimento.

       O diagnóstico do teste da linguinha não significa que o bebê terá de necessariamente se submeter a um procedimento para correção do problema. O tratamento irá depender do grau apresentado. O procedimento, quando realizado em recém-nascidos, é simples, indolor e não sangra. Mas, quanto maior a criança, mais sentirá dor e precisará de cuidados pós-operatórios, já que a membrana vai ficando mais grossa e resistente.

 

Teste da Oximetria de pulso: O Teste do Coraçãozinho (ou Oximetria de Pulso) é um teste rápido e indolor que pode salvar a vida de bebês que nascem com problemas cardíacos. Deve ser realizado nas primeiras 24 a 48 horas após o nascimento. Trata-se de uma pulseira que mede a concentração de oxigênio no sangue e detecta problemas no coração antes mesmo de aparecerem sintomas.

     Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria a concentração de oxigênio no sangue deve ser igual ou superior a 95%, se a concentração estiver abaixo pode apontar risco de problemas no coração.

       O exame leva menos de 5 minutos para ser realizado, e pode chamar a atenção para a investigação de doenças congênitas, como “buracos” entre as câmaras do coração, além de anomalias nas válvulas cardíacas.

       O Teste do Coraçãozinho é realizado com um aparelho, chamado oxímetro, que mede a oxigenação do sangue na mão e no pé do bebê. Todos os pediatras e enfermeiros estão aptos a realizá-lo. Integrando a triagem neonatal de todos os serviços, certamente trará um impacto muito positivo no cuidado e detecção precoce de doenças do período neonatal.

 

Leoni Belini de Azevedo

Coord. de Enfermagem - FHOP

Coren/MG: 333.795